Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu gostei de ver...

Um blog sobre filmes, séries, telenovelas, atores...

Um blog sobre filmes, séries, telenovelas, atores...

Um dos meus filmes preferidos

mau feitio, 31.08.19

Barefoot ou O seu Jeito de Andar (em português do Brasil) é um dos meus filmes preferidos protagonizado por Evan Rachel Wood e Scott Speedman que essencialmente se baseia na história de Daisy (Evan R. W.) e que como ela encontra Jay (Scott S.).

Então é assim:

Jay pertence a uma família rica mas decide viver à sua maneira. Contudo, a sua maneira de viver a vida não é muitas vezes aceitável aos olhos da lei. O jovem não sabe viver. Está sempre metido em confusões, deve dinheiro a toda a gente e bebe além da conta. Devido à última das suas brigas, ele é obrigado a ir fazer trabalho comunitário para um hospital psiquiátrico no qual conhece Daisy. Acredita-se que Daisy sofre de esquizofrenia e, por consequência disso, pensa-se que terá matado a mãe. Só que não é verdade. Quem sofria de esquizofrenia profunda era a sua mãe e essa é a razão do estranho comportamento de Daisy, que sempre foi privada de uma vida normal. 
Jay é quem descobre isso, pois quando decide ir ao casamento do irmão, leva Daisy consigo à socapa, dizendo à família que é a sua namorada, para convencer os pais que está muito bem de vida. Depois de todos descobrirem quem é Daisy, Jay foge com a jovem durante vários dias, parando por vários sitios e assim, conhece verdadeiramente a jovem.
Por fim, são apanhados pela polícia. Jay é preso e Daisy volta a ser internada, porém o rapaz não desiste e volta ao hospital e conta a verdade sobre Daisy. Após a confirmação do estado normal da rapariga, ela recebe alta do hospital e sai de lá junto com Jay.

 Eu adoro esse filme! 

Já o viram?

 

barfoot.jpg

Imagem do Google Imagens

 

Me before you

mau feitio, 25.08.19

Este filme passou esta tarde de Domingo na SIC, mas eu assisti-o no ano em que saíu, em 2016. Fez-me recordar dessa altura e por que não escrever sobre ele?

Quando eu o assisti, lembro-me de ler algumas criticas e notícias sobre o filme e penso ter lido algures que a ideia era fazer um filme inspirado no filme Les Intouchables protagonizado por Omar Sy e François Cluzet.

História:

Louisa Clark  (Emilia Clarke), uma jovem doce, ingénua e engraçada perde o emprego e ao fim de algumas tentativas de procura de emprego, aceita trabalhar na casa dos Traynors como acompanhante de William Traynor (Sam Claflin), um jovem de 31 anos amargurado, frio e revoltado que ficou tetraplégico por ter sido atropelado por uma mota e, por consequência desse acidente perdeu toda a sua alegria de vida, bem como os seus amigos que se afastaram dele após o trágico acidente.
Inicialmente, William é muito arrogante com Lou e não lhe deixa ajudar muito para além daquilo que é extritamente necessário, mas depois de uma chamada de atenção por parte da jovem, eles aos poucos se tornam amigos e mais do que isso. Porém, o jovem não desiste da ideia de dar fim à sua vida recorrendo à eutanásia. Lou tenta fazer com que ele mude de ideias, mas aceita por fim a decisão de William e quando esse fim acontece, Lou continua a viver alegremente de uma forma autêntica que é só dela, sempre recordando William.

 

Bom, eu adoro a maneira que Lou se veste. Pode ser motivo de risos, mas é autêntica! Acho que os papéis foram muito bem interpretados. Porém, não gostei muito do filme, esperava por algo mais espetacular. Não sei... 

Relativamente à decisão de William, eu achei compreensível. E concordo com a eutanásia. Penso que devia ser legalizada no mundo todo.

 

Já viram? O que acham?

 

como-eu-era-antes-de-voce-capa.jpg

 

steal-the-look-louisa-clark-me-before-you-como-eu-

Imagens do Google Imagens

 

Bom Sucesso

mau feitio, 09.08.19

Bom Sucesso é a nova novela da Globo que conta com a Grazi Massafera, o grande senhor Antônio Fagundes, Rômulo Estrela, David Junior entre outros grandes atores da Globo. E claro está que eu estou a seguir na Internet, viciada como sou. A novela ainda vai para o 11º capítulo mas até agora estou convencida.  Vou contar um pouco, do que é possível porque também está no inicio dos inícios.

Então é assim:

Paloma da Silva (Grazi) e Ramon (D.J.) eram namorados de escola muito apaixonados um pelo outro e na noite de passagem de ano foram mais além sem precauções... Paloma ficou grávida ainda menina e Ramon apesar de ama-la muito, decide ir para os EUA concretizar o seu sonho de se tornar jogador de basquetebol. Enquanto isso, Paloma fica em Bom Sucesso e deixa os seus sonhos de lado e torna-se uma adulta responsável e mãe solteira. Passam-se 16 anos e a única coisa que mudou foi que Paloma se casou e teve mais 2 filhos, mas o seu marido morreu. De resto, Ramon continua nos EUA a trabalhar pelo seu sonho e a rapariga em Bom Sucesso a dar duro como costureira numa loja da alta sociedade, para alimentar os seus filhos. Eis que um dia, a mando da sua chefe, Paloma vai fazer exames de rotina porque faz parte da política da loja e aí na clínica, esta se cruza com Alberto Prado Monteiro (A.F.) um amante incurável por livros e o dono da Editora Prado Monteiro que, em tempos já foi umas das melhores mas, agora está falida, por uma coincidência e enorme erro profissional, os exames dos dois são trocados e Paloma recebe a notícia que tem apenas 6 meses de vida pois foi diagnosticada com leucemia aguda, enquanto que  Alberto apesar de já ter muitos problemas de saúde, os exames apresentam uma grande melhoria. 
Paloma ao saber da notícia de que vai morrer dentro de 6 meses, fica totalmente desnordeada e faz tudo o que lhe passa na cabeça, perde o emprego por partir a vitrine da loja e destratar uma cliente que é precisamente Nana (Fabíula Nascimento) filha de Alberto, entre outras loucuras, liga para Ramon a contar a notícia, que por sua vez, volta para o Brasil sem pensar duas vezes, deixando-a mais confusa ainda. Por fim, Paloma põe os pés no chão e sem contar nada a mais ninguém sobre a doença vai para Búzios fazer a limpeza numa casa e conhece Marcos (R.E.) um bon vivant, considerado um irresponsável que vive para o momento da vida e que é filho de Alberto e, pensando que vai morrer Paloma acaba por não resistir e os dois envolvem-se.
Ao regressar a Bom Sucesso, a sua doença já fora descoberta por todas as pessoas do bairro, pois os seus filhos viram os exames sem querer e pediram socorro a toda a gente. Ao chegar, a jovem mãe é acarinhosamente acolhida por todos e, numa missa organizada para ela, recebe um telefonema da clínica a informar do erro.

E agora? Alberto e Paloma consideram que têm de se unir para juntos compreender o porquê que o destino os juntou daquela forma.

 

bs.jpg

 

Imagem retirada do Google Imagens

 

A novela que estou a acompanhar

mau feitio, 14.07.19

Estou a acompanhar A Dona do Pedaço. Já conhecem a novela brasileira? Neste momento, está a ser transmitida na SIC, embora eu não a assista na TV. 

Estou a adorar! Considero ser uma novela feita à moda antiga, daquelas que dão vontade de ficar agarrada no ecrã. Como os brasileiros dizem, eu sempre fui muito ''noveleira''. Ah... eu gosto de um serão bem passado a ver novelas... é bom!

Vocês sabem o enredo?

Maria da Paz (Juliana Paes) e Amadeu (Marcos Palmeira) são filhos de duas famílias rivais que estão acostumadas a fazer justiça pelas próprias mãos. Ambos não se conhecem até que Amadeu salva Maria da Paz quando esta está a cavalgar e perde o controlo do seu cavalo. Logo ali, nasce o amor à primeira vista. As famílias não querem que essa união aconteça, mas o casal tem a iniciativa de propor a paz entre todos. As duas partes parecem aceitar o acordo, mas chegado o casamento, Maria é traída pela própria avó (Fernanda Montenegro) que atira no Amadeu em pleno altar. Este quase perde totalmente a mobilidade das pernas e Maria da Paz é jurada de morte. Os dois separam-se aí, porque Maria tem de fugir para São Paulo para casa de Marlene (Suely Franco), uma senhora que se tornará grande amiga da rapariga. As mães do jovem casal agora separado, combinam entre si em dizer cada uma ao seu filho que o outro morreu (a mãe de M. (Nívea Maria) diz que A. morreu e a mãe de A. (Jussara Freide) diz que M. morreu), para que estes sigam o seu caminho sem procurar um pelo outro.
Durante a recuperação de Amadeu, o seu pai (Luiz Carlos Vasconcelos)  manda matar a irmã e as sobrinhas de Maria bem como a sua avó, mas consegue matar só a irmã (Maeve Jinkings). As sobrinhas da Paz, ainda crianças são separadas. No entanto, a velha Ramirez é que mata todos da família Matheus que se encontram em casa numa visita que os faz. Os únicos sobreviventes dos Matheus são Amadeu, a sua mãe e o seu sobrinho Rael (Rafael Queiroz). Antes de morrer na mesma noite que mata quase toda a família rival, a avó de Maria da Paz conta o que descobriu: que as duas crianças estão vivas, contudo, não se sabe do seu paradeiro.
A Fabiana (Nathalia Dill) cresce num convento, no entanto, tornar-se-á numa pessoa muito má, inclusíve para a irmã Vivi Guedes (Paolla Oliveira) que é encontrada nas ruas de Vitória e adotada por Otávio (José de Abreu) e Beatriz (Natália do Vale), um casal de boas posses financeiras e se tornará numa famosa digital influencer, porém com um grande coração.
Maria superará todas as dificuldades da vida e tornar-se-á dona de 24 confeitarias e mãe de Josiane (Agatha Moreira)com Amadeu, uma jovem mimada, com mau caráter e ambiciosa que é capaz de roubar a própria mãe.
Vinte anos depois, Amadeu e Maria se reencontram e, apesar da surpresa e felicidade de ambos, parece ser tarde para viver o amor deles, pois Amadeu casou-se com Gilda (Heloísa Jorge), a fisioterapeuta que tratou dele quando ele levou o tiro no altar e com quem constitui família. Na vida de Maria da Paz, aparece Régis (Reynaldo Gianecchini), um solteirão que vive às custas do dinheiro do cunhado (Malvino Salvador) e de pequenos golpes que dá. Combinado com a ambiciosa Josiane, casa-se com Maria com o objetivo de juntos lhe roubarem a fortuna, pela qual Maria trabalhou muito para juntar.

 

61171922_10157316402799732_5297147921102274560_n.j

 

Fontes:
Google Imagem
Wikipédia

Nem tudo é o que parece... e isso é válido para o bem e para o mal.

mau feitio, 12.07.19

Ok..., eu sei. Este é um filme para adolescentes. 


A Mentira ou Easy A é um filme de 2009 que eu assisti 10 anos depois, pela primeira vez. Pois bem... o filme passa-se essencialmente no liceu e conta o dia a dia de Olive, uma adolescente que é invísivel entre todos os outros que são populares. A mentira de Olive começa quando esta cria uma história para fugir ao convite para ir para a casa da sua melhor amiga Rhiannon e diz que tem um encontro com um rapaz que não existe. Na segunda-feira seguinte, pressionada pela sua amiga a revelar detalhes íntimos desse suposto encontro, Olive acaba por mentir e dizer que se envolveu sexualmente com o tal rapaz. O que acontece? Olive sente prazer em mentir sobre a sua intimidade mas, quando dá conta, a notícia sobre o seu ''encontro'' se espalha, Olive tenta dizer a verdade,  só que a sua amiga não acredita. Consequentemente, a rapariga fica mal afamada e aproveita-se disso, contribuindo ainda mais para a mentira. A pedido de Brandon, um rapaz homossexual do liceu que quer acabar com o que se diz sobre ele, finge que se envolve sexualmente com ele numa festa onde vai toda a escola e começa a fazer isso com todos aqueles que lhe pedem em troca de dinheiro e daquilo que eles lhe podem dar. Toda a gente, ou quase toda gente sabe que Olive não faz nada, que é puro fingimento, mas mesmo assim, a mentira toma grandes proporções e Olive acaba por se sentir muito incomodada, só que quando ela tenta repor a verdade, ninguém a quer ajudar. Mas, Woodchuck Tood, o seu primeiro amor sempre acreditou na boa reputação de Olive, porque quando eles ainda eram crianças (pré-adolescentes,) Woodchuck não teve coragem de dar o seu primeiro beijo e Olive mentiu por ele dizendo a toda a escola que se tinham beijado. 

Para acabar com aquela mentira, Olive convida toda a escola a assistir à transmissão em direto na Internet, na qual ela promete fazer sexo com o Woodchuck Tood para toda a gente ver. Obviamente, ela está a mentir. Nessa transmissão em direto do seu quarto, ela conta a verdade toda! 

Ah... Woodchuck Tood e Olive começam a namorar mas, como ela própria diz no fim: NÃO É DA CONTA DE NINGUÉM!

c4e34-a2bmentira-1.jpg

Fontes:

Google

White Chicks

mau feitio, 10.07.19

Este filme é de 2004 o que significa que fez parte da minha adolescência. Não digo que seja um dos meus favoritos, mas é um dos filmes que adorei ver naquela época e, depois desse tempo todo, eu fui à procura dele e consegui assisti-lo novamente há poucos dias atrás.

 

Como dá para ver pelo cartaz (digo eu), é uma comédia. Mas... qual é a história do filme?

Vamos lá:

Kevin e Marcus Copeland são dois irmãos que trabalham em dupla no FBI, mas o que destaca o trabalho dessa dupla é que eles não dão uma para a caixa. Estão sempre metidos em sarilhos e, em vez de impedir crimes, desastrosamente fazem com que eles aconteçam mais rápido ainda.
Mesmo depois de ficarem de castigo pelo seu chefe por falharem mais uma missão, recebem uma nova oportunidade (só porque ninguém mais quer essa missão) de irem buscar as duas socialites mimadas Brittany e Tiffany Wilson ao aeroporto e leva-las em segurança para um evento de moda no Hamptons que ocorrerá no fim de semana que se segue, com o objetivo de evitar que elas se tornem as próximas vítimas de uma série de raptos envolvendo pessoas da alta sociedade.
Contudo, os dois irmãos são advertidos pelo seu chefe Elliott Gordon de que se falharem novamente serão demitidos.Durante a viagem entre o aeroporto e o hotel, há um pequeno acidente no qual as duas socialites ficam com cortes superficiais no rosto, mas mesmo assim, recusam-se a aparecer em público. Com medo do aviso do chefe, se caso alguma coisa falhasse, Kevin convence Marcus a se disfarçarem de socialites, recorrendo a um especialista em maquilhagem. Assim, os dois passam o fim de semana disfarçados de Brittany e Tiffany.

E aí... é que começa a grande comédia. 

 

White_chicks.jpg

Fontes:

Google Imagens;

Wikipédia.

The Princess Switch

mau feitio, 07.07.19

Acabei de ver este filme.

Ultimamente, não tenho tido muita disposição para assistir a filmes muito carregados de história e emoção, e como já queria ver este filme há algum tempo, lembrei-me de ir pesquisa-lo e assisti. É aquele típico filme da princesa e a rapariga pobre que se cruzam e decidem trocar de lugar e cada uma acaba por se apaixonar pela vida da outra. Como acontece no filme The Parent Trap de 1998 protagonizado pela Lindsay Lohan (inclusive, é um dos meus filmes favoritos da minha infância!).

O resumo do filme:

Stacy De Novo é uma jovem que cozinha muito bem e administra uma confeitaria de sucesso em Chicago com o seu melhor amigo Kevin Richards. Para animar a sua amiga por esta ter terminado uma relação recentemente, Kevin e a sua filha Olívia de 8 anos, decidem inscrever Stacy numa prestigiosa competição de panificação no Reino de Belgravia, na qual foi aceita. Apesar de alguma retulância, Stacy resolve participar. Assim, os três amigos partem para o Reino de Belgravia onde Stacy encontra Margaret, a Duquesa de Montenaro que, pelas parecenças inquestionáveis entre ambas, Margaret tem a ideia de trocar de lugar, para que possa saborear, finalmente, de uma vida normal longe dos holofotes que a vida de uma Duquesa implica. Por consequência desse plano, ambas acabam por gostar imenso da vida oposta à sua.

 

the-princess-switch.jpg

É um bom filme para ver em família, com crianças ou quando só se pretende matar tempo, sem pensar muito. Já viram o filme?

 

Fontes:
Google Imagens;
Wikipédia

Jardim da Celeste

mau feitio, 10.06.19

Hoje partilho uma recordação dos tempos de quando fui criança.

Jardim da Celeste foi uma série televisa infantil que passou na RTP na década de 90. Tinha o intuito educativo e contava com várias personagens muito engraçadas. A série toda ou quase toda era passada dentro de uma carrinha vermelha, a carrinha da Celeste ( atriz Ana Brito e Cunha).

Lembro-me de que quando chegava a casa da escola, ligava a televisão e assistia deliciada.

Achava muita piada ao Sócrates e ao Xavier.

 

 

É tão bom recordar a infância 

 

4 opções de filmes para Sexta-feira à noite

mau feitio, 19.04.19

É Sexta-feira à noite e não apetece sair para o meio da multidão, não dá jeito ou não se gosta de sair mas mesmo assim, não há vontade de ir dormir tão cedo, mas também não se sabe o que fazer... ver filme é uma opção, mas quais? Para as pessoas ''filmócratas' '(pessoas viciadas em filmes como eu) abaixo deixo as minhas 4 sugestões para assistir numa Sexta-feira à noite:

1. Amor & outras drogas

v1.jpg

Resumo:

'' Jamie Randall  é um sedutor incorrigível. Após ter sido demitido do cargo de vendedor numa loja de eletrodomésticos, ele passa a trabalhar num grande laboratório da indústria farmacêutica no qual tem a função de convencer médicos a prescrever os produtos da empresa para os pacientes. Numa dessas visitas, ele conhece Maggie Murdock, uma jovem de 26 anos que sofre do mal de Parkinson. Inicialmente, Jamie fica atraído pela beleza física e por ter sido dispensado por ela, mas aos poucos descobre que existe algo mais forte. Maggie, por sua vez, também sente o mesmo, mas não quer levar adiante esse sentimento por causa da sua doença. No entanto, o amor falará mais alto e Jamie escolhe ficar com Maggie aconteça o que acontecer. ''

A minha classificação: 4 

 

2- O amor não tira férias

268x0w.jpg

Resumo:

'' Amanda Woods e Iris Simpkins são duas mulheres que vivem em dois pontos completamente opostos da Terra. Mas ambas estão cansadas da vida que levam e precisam desesperadamente de mudar de ares. É aí que as duas se conhecem pela Internet e resolvem trocar de casas durante a época natalícia, ou seja, Amanda vai viver na casa de Iris, e Iris na casa de Amanda.
Durante essa troca, Íris diverte-se na casa luxuosa de Amanda, que por sua vez, mesmo numa casa pequena, passa um ótimo Natal. Nisso, Amanda conhece Graham, irmão mais velho de Íris com quem se envolve amorosamente. O mesmo acontece com a Íris que desperta o interesse em Miles. ''

A minha classficação: 5 

 

3- Amigos Improváveis ou Os intocáveis

225px-Intouchables_cartaz.jpg

 

Resumo:

''Philippe é um multimilionário francês que ficou tetraplégico após um acidente. Por consequência desse acidente, precisa de alguém com formação em enfermagem para o assistir 24h por dia. Durante as entrevistas para encontrar a pessoa mais qualificada para o cargo surge Driss, um senegalês radicado nos subúrbios de Paris, que não tem qualquer formação, porém Driss de uma forma um tanto "errada" devolve a Philippe o prazer pela vida novamente. E tornam-se amigos inseparáveis.''

Este filme é baseado numa história de vida verídica.

A minha classficação: 2000000000 

 

4-  Uma Família de dois

 

Uma-Família-de-Dois-2.jpg

Resumo:

''Samuel vive uma vida sem laços nem responsabilidades à beira-mar no sul de França, perto das pessoas que ama. Até que uma ex-namorada o procura e deixa sob sua responsabilidade a sua filha Glória, um bebé de poucos meses. Incapaz de cuidar de um bebé e determinado a devolver a criança à sua mãe, Samuel corre para Londres para tentar encontrá-la, sem sucesso. Oito anos depois, enquanto Samuel e Glória vivem em Londres e tornaram-se inseparáveis, a mãe de Glória volta em suas vidas para recuperar sua filha. Será que consegue? ''

A minha classificação: 5

 

Aqui estão as minhas 4 sugestões. São todos meus prediletos! 
Já têm as pipocas na taça?
Bons filmes! 

 

 

 

Fontes:
Imagens: Google Imagens
Os resumos, embora eu tenha feito alterações em alguns, recorri à Wikipédia, a enciclopédia livre. Por isso, mantive as aspas.

Também vim aqui